CÂNDIDO JOSÉ DE ARAÚJO VIANA

CÂNDIDO JOSÉ DE ARAÚJO VIANA

Grão Mestre do Grande Oriente Brasileiro: 1842-1846




​​

Marquês de Sapucaí, advogado e maçom republicano. Nasceu em 15 de setembro de 1793, Nova Lima, Congonhas de Sabará. Foi ministro da fazenda e ministro da justiça, conselheiro de estado, deputado geral, presidente de província e senador de 1840 a 1875, eleito pela província de Minas Gerais. Ocupou a presidência do senado de 1851 a 1853. Foi deputado constituinte em 1823 e deputado geral representando Minas Gerais por três mandatos. Ocupou as presidências das províncias de Alagoas e do Maranhão. Foi ainda procurador da coroa, fiscal do tesouro e ministro do Supremo Tribunal de Justiça, ministro da fazenda e nomeado membro extraordinário do Conselho de Estado a partir da data de sua criação. Em 1839, foi nomeado mestre de literatura e ciências positivas de D. Pedro II (então herdeiro do trono); posteriormente, também cuidou da educação da Princesa Isabel. Como Ministro do Império no segundo Gabinete conservador (1841-1843), referendou a lei que dava aos senadores o solene tratamento de "Sua Excelência". Condecorado como dignitário da Imperial Ordem de Cristo e da Rosa, além de Grã-Cruz da Ordem Militar da Torre e Espada, do Valor, Lealdade e Mérito e da Legião de Honra. Recebeu do imperador o título de visconde em 1854 e de marquês em 1872. Era do Conselho de Sua Majestade, Gentil-Homem da Imperial Câmara e Fidalgo Cavaleiro da Casa Imperial. Na maçonaria assumiu todos os cargos, sendo Grão-Mestre do Grande Oriente Brasileiro em 1842. Foi o responsável pela fusão do Supremo Conselho de Montezuma com o Supremo Conselho do Grande Oriente Brasileiro. Faleceu em 23 de janeiro de 1875, no Rio de Janeiro.

Posts recentes

Ver tudo

CARLOS HONÓRIO DE FIGUEIREDO

DR. CARLOS HONÓRIO DE FIGUEIREDO Grão-Mestre: 1861-1863 ​ Advogado, escritor e diplomata brasileiro. Nasceu na cidade em Sacramento, Recife, PE em 1823. Filho do Brigadeiro Joaquim Bernardo de Figueir