ANTÔNIO JOSÉ FERREIRA

DR. ANTÔNIO JOSÉ FERREIRA





Engenheiro, Capitão da Guarda Nacional, nessa qualidade fez a Campanha do Paraguai, maçom liberal. Filho de Luiz José Ferreira, nasceu em Porto, PT, em 1824. Contraiu núpcias com D. Paulinia do Nascimento Martins e com ela teve vários filhos. Foi procurador da Câmara de Ribeirão Preto na primeira legislatura e vereador nas legislaturas de 1877-1880, 1881-1882, comerciante, coletor de impostos estadual, cafeicultor, juiz de paz e de órfão e solicitador do município. Foi o primeiro escrivão de paz e oficial do registro civil de Ribeirão Preto. Em 1880 apresentou a câmara municipal seu projeto de prolongamento da estrada de ferro de São Simão-Ribeirão e suas linhas-troncos. Assumiu o cargo de secretario interino de obras publicas da província de São Paulo sendo exonerado a seu pedido em 1883. Em 22 de julho de 1884, tomou posse como juiz de paz, o segundo mais votado do município de Ribeirão Preto, conforme noticiado no jornal Correio Paulistano, Ano 1884\Edição 08414. No ano de 1887, assumiu os cargos de juiz de paz e de órfão conforme noticiado no jornal Almanach Província de São Paulo: Administrativo, Commercial e Industrial, Ano 1887\Edição 00005, e também, solicitador do município. Foi membro do Partido Conservador e também do Partido Republicano. Seu nome foi dado a um logradouro público na cidade de Ribeirão Preto pelos bons serviços prestado a ordem e pátria. Foi iniciado na Loja Maçonica Amor e Caridade em 1877.